Como fazer referências

Elementos, organização e regras...

Para escrever bons textos acadêmicos nos precisamos incluir no nosso texto algumas ideias e informações produzidas por outras pessoas. Porém, ao incluir essas informações de terceiros precisamos dar crédito a que as produziu, ou seja, precisamos citar. Neste post você vai descobrir como elaborar as referências de todas as obras que você citou, quais os elementos que compõem as referências, onde elas devem ser colocadas no texto e como devem ser apresentadas. Não corra o risco de cometer plágio. Faça as suas referências da forma correta! Leia o artigo completo!

Por: Diego A. Gonzaga | Publicado em 20 de abril de 2021

Para escrever bons textos acadêmicos nos precisamos pesquisar e dialogar com outros autores. Isso quer dizer que durante a elaboração devemos incluir no nosso texto, algumas ideias e informações  produzidas por outras pessoas, para que possamos enriquecer nosso trabalho.

Ao incluir essas informações de terceiros precisamos dar crédito a que as produziu, ou seja, precisamos citar e apresentar as referências das obras citadas na construção do texto.

Isso é muito importante porque apresentar informações de outras obrar sem cita-las, além de deselegante, é plágio, ou seja, um crime de cópia não autorizada.

A norma NBR 6023, tema função de orientar na seleção e organização das referências do material utilizado para a produção de documentos e para inclusão em listas  bibliográficas e de referências. Por isso eu resumi a ABNT NBR 6023:2018 (Versão Corrigida 2:2020) da ABNT para você, nesse artigo. 

Nele você vai descobrir (instruções estabelecidas pela ABNT de) como elaborar as referências de todas as obras que você citou, quais os elementos que compõem as referências, onde elas devem ser colocadas no texto e como devem ser apresentadas.

Definições

A norma NBR 6023:2002 estabelece em seu texto as  definições para os elementos que compõem a descrição da referência de uma obra. Assim ela estabelece seguintes definições:

Autores: São as pessoas físicas responsáveis pela criação do conteúdo intelectual ou artístico de um documento citado.

Entidades autoras: São as Instituições, organizações, empresas, comitês, comissões, eventos, responsáveis por publicações em que não se distingue autoria pessoal.

Capítulos, seções ou partes: São as divisões de um documento, seja ele numerado ou não.

Documento: Se caracteriza como todo e qualquer suporte que contenha informação registrada, que caracterize a formação de uma unidade, que possa servir para consulta, para estudo ou como prova. Esse material pode ser impressos, manuscritos, podem ser registros audiovisuais, sonoros, magnéticos, eletrônicos, entre outros.

Edição: São todos os exemplares de uma obra produzidos a partir de um original ou de uma matriz. Todas as suas impressões, reimpressões, tiragens etc., que sejam feitas sem modificações, pertencem à mesma edição de uma obra. Essas edições podem ser produzidas diretamente ou por outros métodos, independentemente do período decorrido desde a primeira publicação.

Editora: É a instituição, pessoa(s) ou empresa  responsável pela publicação, ou pela produção editorial. Conforme o suporte documental, outras denominações podem ser utilizadas, como: produtora (para imagens em movimento), gravadora (para registros sonoros), entre outras. Não se deve confundir a indicação de “editora” com a designação de “editor”. Editor é o responsável intelectual ou científico que atua na reunião de artigos para uma revista, jornal etc. ou que coordena ou organiza a preparação de coletâneas.

Monografia: É um item não seriado, ou seja, obra completa, constituída de uma só parte, ou que se tem o objetivo de  completar em um número preestabelecido de partes separadas.

Publicações periódicas: São as publicações feitas em qualquer tipo de suporte, que são editadas em unidades físicas sucessivas, com indicação numéricas e cronológicas e com intenção de ser continuada indefinidamente. É importante que não se confunda as indicações de “publicação periódica” com indicações de “coleção” ou “série editorial”. Essas publicações são recursos criados pelos editores ou pelas instituições responsáveis, para reunir conjuntos específicos de obras que recebem o mesmo tratamento gráfico-editorial (formato, características visuais e tipográficas, entre outras) e que mantêm correspondência temática entre si.

Referência: São o conjunto de elementos descritivos padronizados que são retirados de um documento para que se possa realiza a sua identificação individual.

Separata: É a publicação de parte de um trabalho. Normalmente, as separatas são utilizadas para distribuição pelo próprio autor, ou pelo editor, de uma parte de uma obra. Esse trabalho pode ser um artigo de algum periódico, um capítulo de livro, alguma colaboração em coletânea etc.. Essa publicação deve manter, exatamente, as mesmas características tipográficas e de formatação da obra original que a vinculam ao todo, e deve trazer a expressão “Separata de” em evidência.

Subtítulo: São as descrições ou informações apresentadas em seguida ao título, visando esclarecê-lo ou complementá-lo, de acordo com o conteúdo do documento.

Suplemento: São documentos que são adicionados, de forma  apenas editorial e não física, a outro para ampliá-lo ou aperfeiçoá-lo. Os suplementos podem ser editado com periodicidade e/ou numeração própria.

Título: É a palavra, expressão ou frase que designa o assunto ou o conteúdo de um documento. É a expressão que “dá nome” a obra.

Elementos da referência

A referência é constituída de elementos essenciais e, quando necessário, acrescida de elementos complementares. Os elementos da referência,  essenciais e complementares, são retirados do próprio documento. Quando isso não for possível, utilizam-se outras fontes de informação, indicando-se os dados assim obtidos entre colchetes.

Elementos essenciais São as informações indispensáveis à identificação do documento. Os elementos essenciais estão estritamente vinculados ao suporte documental e variam, portanto, conforme o tipo de documento.

Elementos complementares São as informações que, acrescentadas aos elementos essenciais, permitem melhor caracterizar os documentos consultados.

Localização

As referências utilizadas em um texto podem aparecer em alguns lugares. Os possíveis locais de apresentação das referências são: o rodapé; no fim de texto ou de um capítulo; em listas específicas para  referências; ou tecedendo resumos, resenhas e recensões.

Regras gerais de apresentação

Os elementos essenciais e complementares da referência devem ser apresentados em sequência padronizada.

As referências são alinhadas somente à margem esquerda do texto e de forma a se identificar individualmente cada documento, em espaço simples e separadas entre si por espaço duplo. Quando aparecerem em notas de rodapé, serão alinhadas, a partir da segunda linha da mesma referência, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente e sem espaço entre elas.

A pontuação segue padrões internacionais e deve ser uniforme para todas as referências. As abreviaturas devem ser conforme a NBR 10522.

O recurso tipográfico (negrito, grifo ou itálico) utilizado para destacar o elemento título deve ser uniforme em todas as referências de um mesmo documento. Isto não se aplica às obras sem indicação de autoria, ou de responsabilidade, cujo elemento de entrada é o próprio título, já destacado pelo uso de letras maiúsculas na primeira palavra, com exclusão de artigos (definidos e indefinidos) e palavras monossilábicas.

As referências constantes em uma lista padronizada devem obedecer aos mesmos princípios. Ao optar pela utilização de elementos complementares, estes devem ser incluídos em todas as referências daquela lista.

Os casos omissos devem ser resolvidos utilizando-se o Código de Catalogação Anglo-Americano vigente.

  1. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR-6023: informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2020.

  2. FRANÇA, Júnia Lessa; VASCONCELLOS, Ana Cristina de. Manual para normalização de publicações técnico-científicas. 8. ed. rev. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2009. 258 p. ISBN 9788570415608.

GONZAGA, D. A.. Como fazer referências: elementos, organização e regras. gonablog | gonabee Escola Digital, 2020. Disponível em <https://gonabee.com.br/index.php/sem-categoria/como-fazer-referencias/> Acessado em: DIA de MÊS de ANO.

Indicações

Treinamento

Se você fazer o seu TCC de forma rápida e está cheio de dúvidas: Não sabe como começar, não sabe como definir o tema do trabalho. Não sabe o que são os objetivos geral e específicos.

Eu te indico o Curso TCC Sem Drama, do Professor Amilton Quintela. No treinamento do professor Amilton ele vai encontrar:

Videoaulas que mostram um Roteiro Aprovado para você seguir e construir o passo a passo, o seu TCC; Modelos Totalmente Comentados de TCC’s para você seguir e Acelerar o seu trabalho; Uma técnica de 4 Passos Simples, baseada em palavras-chave, para você Direcionar e Acelerar a sua pesquisa de Referencial Teórico; Como Roteirizar os capítulos do TCC para não “travar” e produzir o conteúdo dos seus capítulos ou seções de maneira direcionada; E que eu acredito ser o grande Benefício do TCC Sem Drama: Orientação Online Personalizada.

Com o TCC Sem Drama você vai finalizar o seu trabalho em tempo recorde e com qualidade. E além de todas essas vantagens você ainda ter um super bônus:  Licença de UM ANO do editor que formata o seu trabalho direto nas normas da ABNT: o Mettzer.

Não perca mais tempo! Acesse o curso (click aqui para acessar página do curso) e saiba o que você precisa para ter seu TCC aprovado com o  treinamento do professor Amilton Quintela, o TCC Sem Drama.

Método Pomodoro

Uma forma de alcançamos esse objetivo é nos organizar algum método, e de preferência um método bem estruturado que tenha grandes oportunidades de gerar bons frutos. Dentre os métodos existentes,…

Como fazer citação na ABNT

gonaBlog gonaTeca gonaClass Parceiros Contato Sobre Inscrição Como fazer citação na ABNT Passo a passo Facebook Instagram Link Para escrevermos nossos textos precisamos buscar informações em outros textos para compor…

Como meditar iniciante

Neste artigo apresentamos uma forma simples de como começar a meditar para um iniciante. Diminua o seu nível de estresse com a prática da meditação!

Artigos indicados

gonaBlog gonaTeca gonaClass Parceiros Contato Sobre Inscrição Artigos indicados Desinformação em relação a orientações médicas e as teorias da conspiração sobre a COVID-19 A pandemia de coronavírus viu um aumento…
Acreditamos que a educação é a melhor forma de transformar o Brasil em um país melhor para os brasileiros.
© 2019 · gonabee Escola Digital. Todos os direitos reservados.