Texto dissertativo

O que é, Tipos, Estrutura e Argumentos.

Se você deseja escrever um texto dissertativo, você precisa conhecer muito bem as características desse estilo para obter êxito nesta empreitada. O Texto Dissertativo é um tipo de texto argumentativo e que tem como base uma opinião, elaborado para transmitir o ponto de vista do autor, no qual ele defende seu ponto de vista por meio de argumentos. Mas calma, isto não é tudo… Neste post estão descritas todas as características do texto dissertativo, os tipo de argumentos. Além disso preparamos um bônus: Um material que vai lhe auxiliar na construção dos parágrafos do seu texto. Aproveite agora mesmo esse conteúdo. Leia o post para conhecer todas as características de um texto dissertativo.

Por: Diego A. Gonzaga | Publicado em 28 de março de 2020

O que é um texto dissertativo

O Texto Dissertativo é um tipo de texto argumentativo, que tem como base uma opinião. Elaborado para transmitir o ponto de vista do autor o texto é composto por argumentos que defendem este ponto de vista. Nele expõe-se uma opinião sobre determinado assunto ou tema, por meio de uma argumentação lógica, coerente e coesa.

o que é um texto dissertativo

Esse tipo de texto tem como principais características a apresentação de um raciocínio, a defesa de um ponto de vista ou o questionamento de uma determinada realidade [1,2,3,4,7].

Tipos de Dissertação

O texto dissertativo pode ser classificado como:

Tipos de dissertaçao

– Expositivo:  No expositivo, o autor expõe um conceito, uma teoria, e o seu ponto de vista sobre o assunto. Utiliza dados amplamente conhecidos, expõe os fatos, mas não apresenta necessariamente uma discussão. É a exposição de ideias, teorias, conceitos sem necessariamente tentar convencer o leitor.

– Argumentativo: Nessa modalidade a intenção é persuadir o leitor a partir de argumentação coerente, exemplos, fatos, e raciocínios, convencendo-o de sua tese . O autor busca comprovar o conteúdo verdadeiro ou falacioso dos conceitos discutidos no texto. Dispõe-se a refletir sobre os assuntos enfocados, aproximando ou correlacionando os fatos e raciocínios para  chegar a uma conclusão [1,4,5].

Estrutura do Texto Dissertativo

estrutura do teto dissertativo

Conforme foi possível observar, a tese é o ponto principal desse tipo de texto. Ela é apresentada na introdução, é defendida na argumentação (geralmente, dois argumentos) e é retomada na conclusão.

A introdução

É a abertura do texto. É necessário contextualizar o tema e preparar o leitor para os argumentos que serão apresentados posteriormente. Na introdução é que se apresenta a definição do que será dito, e deixa-se claro ao leitor que seu texto merece atenção.

Procure abordar apenas  temas que você poderá argumentar ao longo da redação, busque dissertar apenas daquilo que você tem propriedade para desenvolver. Na introdução devem estar as definições, citações, perguntas, exposição de ponto de vista oposto, comparações, descrição e demais considerações necessárias para a apresentação do tema. Acima de tudo, o assunto a ser tratado deve sempre ser apresentado de maneira clara.

A introdução pode conter afirmações sobre o assunto, considerações do tipo histórico-filosófico, citações, comparações de termos pertinentes, perguntas e até mesmo narrações [6,7].

O desenvolvimento ou a argumentação

No texto dissertativo a persuasão é utilizada de forma explícita e naturalmente se faz presente no desenvolvimento do texto. Nesta etapa, como o nome sugere, deve-se desenvolver o tema proposto de forma a convencer o leitor a respeito dos posicionamentos que foram elencados na introdução. É nesse momento que o escritor argumenta por citação, comprovação ou raciocínio lógico, tomando sua posição a respeito do que está sendo discutido.

É muito importante defender coerentemente cada uma das ideias listadas na introdução para que seu texto não fique desconexo. Além de coerência a coesão também é essencial. O conteúdo do desenvolvimento pode ser organizado de diversas maneiras e isso vai depender das propostas do texto e das informações disponíveis [6,7].

A conclusão

A conclusão é a parte final do texto, um resumo de tudo o que já foi dito. Para finalizar, você deve sintetizar as ideias expostas, reafirmando o tema e fazendo as observações finais. 

Cabe, neste momento propor ações e possíveis soluções para o problema mencionado. É interessante, na conclusão, responder à questão proposta inicialmente, expondo uma avaliação final sobre o assunto. Além disso é importante detalhar as ações indicadas e quais os  efeitos esperados [6,7].

 

A Argumentação do Texto Dissertativo

Um texto argumentativo, como já comentamos, é aquele em que defendemos uma ideia, opinião ou ponto de vista, procurando fazer com que o leitor acredite nele. Para conseguir esse objetivo, utilizamos os argumentos.

o que não fazer no projeto

O argumento (do latim ARGUMENTUM: que significa brilhar, iluminar) é composto por uma afirmação acompanhada de justificativa. Em outras palavras, os argumentos de um texto são os porquês que justificam a tese apresentada. Um bom texto dissertativo deve se apoiar principalmente em uma boa argumentação. Para que isso ocorra, é preciso que se organize as ideias que serão expostas. 

Tipos de argumentos

Os tipos mais comuns de argumentos que podem ser utilizados em uma redação, são:

– Argumento de Autoridade: É o argumento que se apoia no conhecimento de um especialista de determinada área. É utilizado para dar ao argumento a qualidade necessária que é conferida pela credibilidade da autoridade citada. 

– Argumentação por consenso: Algumas afirmações são baseadas em um consenso global, por isso não precisam de embasamento teórico. Assim, não exigem a demonstração de um especialista para que se prove seu conteúdo, não sendo necessário citar uma fonte de confiança. 

– Argumentação por Evidência: Na argumentação por evidência, pretende-se levar o leitor a admitir a tese ou conclusão, justificando-a por meio de evidências de que ela se aplica aos dados considerados.

– Argumento de Comprovação ou analogia: Esse tipo de argumentação é fundamentada na documentação com dados que comprovam ou confirmam sua veracidade. 

– Argumento de Fundamentação Lógica: A argumentação nesse caso se baseia em operações de raciocínio lógico, tais como as implicações de causa e efeito, consequência e causa, etc. No argumento por causa e consequência, a tese ou conclusão é aceita justamente por ser uma causa ou uma consequência dos dados.

– Argumentação por exemplificação: No argumento por exemplificação, o argumentador baseia a tese ou conclusão em exemplos representativos, os quais, por si sós, já são suficientes para justificá-la.

– Argumentação por princípio: No argumento de princípio, a justificativa é um princípio, ou seja, uma crença pessoal baseada numa constatação (lógica, científica, ética, estética etc.) aceita como verdadeira e de validade universal. Os dados apresentados , por sua vez, dizem respeito a um fato isolado, mas, aparentemente, relacionado ao princípio em que se acredita. Ambos ajudam o leitor a chegar a uma tese, ou conclusão, por meio de dedução [2,8,9].

Relação entre tese e argumento

De modo geral, a relação entre tese e argumento pode ser compreendida de duas maneiras principais: Argumento, portanto, Tese ou Tese porque Argumento. Anderson Ulisses S. Nascimento em seu artigo sobre Argumentação dá os seguintes exemplos.

  • Argumento, portanto, Tese

“O governo gasta, todos os anos, bilhões de reais no tratamento das mais diversas doenças relacionadas ao tabagismo; os ganhos com os impostos nem de longe compensam o dinheiro gasto com essas doenças. Além disso (Ainda, e, também, relação de adição → quando se enumeram argumentos a favor de sua tese), as empresas têm grandes prejuízos por causa de afastamentos de trabalhadores devido aos males causados pelo fumo. Portanto (logo, por conseguinte, por isso, então → observem a relação semântica de conclusão, típica de um silogismo), é mister que sejam proibidas quaisquer propagandas de cigarros em todos os meios de comunicação.”

  • Tese porque Argumento

O governo deve imediatamente proibir toda e qualquer forma de propaganda de cigarro, porque (uma vez que, já que, dado que, pois → relação de causalidade) ele gasta, todos os anos, bilhões de reais no tratamento das mais diversas doenças relacionadas ao tabagismo; e, muito embora (ainda que, não obstante, mesmo que  → relação de oposição: usam-se as concessivas para refutar o argumento oposto) os ganhos com os impostos sejam vultosos, nem de longe eles compensam o dinheiro gasto com essas doenças [2,8,9].

 

Estrutura dos Parágrafos

Durante o processo de escrita o estudante tem que desenvolver o texto com coerência e conexão. Para isso ele deve construir parágrafos bem estruturados, com ideias e argumentação adequadas. Mas essa tarefa não é tão simples.

Para escrever bons parágrafos é necessário conhecer a estrutura e a função de cada parte de um parágrafo. Só assim é possível escrever bons parágrafos e construir bons textos.

O parágrafo é a unidade básica do texto. Apresenta uma ideia núcleo (tópico frasal) que deve ser desenvolvida pelas ideias secundárias e tem sua estrutura dividida em 3 partes: Introdução, Desenvolvimento, Conclusão.

– Introdução Conhecida como tópico frasal apresenta a ideia principal do texto e deve ser escrita de forma objetiva (Como escrever TCC Rápido)

– Desenvolvimento: São as ideias secundárias que desenvolvem e explicam o tópico frasal com argumentos para a discussão da ideia central

 

– Conclusão: Retoma a ideia principal, propõem uma solução ou uma conexão para o segmento do texto.

No ebook Como Fazer Estrutura de Parágrafos você encontrará um conteúdo completo sobre o assunto, com modelos e exercícios para você praticar sua escrita. Com essa informação você vai conseguir escrever parágrafos perfeitos sobre qualquer assunto e um texto excelente. Mas não perca tempo! Esse é uma edição limitada do gonaBlog Ebooks e não ficará disponível por muito tempo. Por isso, aproveite essa oportunidade e tenha em suas mãos esse conteúdo que mudará sua forma de escrever. BAIXE GRÁTIS o seu ebook e comece a escrever parágrafos perfeitos.

A nossa nova ferramenta de acesso a conteúdo, uma biblioteca digital: a gonaTECA.

Sim, Agora você pode ter uma biblioteca em casa! A gonabee desenvolveu uma biblioteca digital para facilitar a sua vida mais uma vez! Na gonaTECA você vai encontrar muita informação de qualidade e ao seu alcance em apenas um click.

Livros

Como Escrever Textos Dissertativos

Como escrever textos dissertativos’ explica o que é preciso fazer para escrever um bom texto dissertativo, claro e objetivo. Com exemplos, quadros práticos e dicas para evitar erros comuns, o livro aborda, inicialmente, temas como coerência, coesão, tese, argumentação, antítese e refutação, e em seguida apresenta algumas estruturas para servir de modelo e ajudar a redigir respostas a questões dissertativas em provas, dissertações de trabalhos acadêmicos e redações em vestibulares e concursos. Por fim, a autora oferece exercícios.

 

Como Escrever Textos – Gêneros e Sequências Textuais

A primeira parte expõe teorias de gêneros e de sequências textuais, objetivando oferecer ao estudante (ou pessoa que tem interesse em aprender a redigir, argumentar, apresentar textos coesos e coerentes) informações sobre estruturação do texto, progressão textual, enfim, habilidades que lhe proporcionem competências para transitar sobre os mais diferentes tipos de textos que circulam no mercado ou na vida cotidiana. A segunda parte do livro dedica-se à apresentação dos mais variados tipos de textos que circulam, quer nos ambientes empresariais, quer na administração pública. Texto básico para cursos de redação, produção e interpretação de textos (técnicos, comerciais e acadêmicos). Esta obra trata de competências comunicativas, particularmente de gêneros administrativos empresariais e oficiais.

  1. DIANA, Daniela. Texto Dissertativo. Toda Matéria, 2019. Disponível em <https://www.todamateria.com.br/texto-dissertativo/> Acessado em: 25 de março de 2020.
  2. COMO FAZER UM TEXTO DISSERTATIVO ARGUMENTATIVO. Como fazer uma boa redação, 2020. Disponível em: <https://comofazerumaboaredacao.com/texto-dissertativo-argumentativo//> Acessado em: 25 de março de 2020.
  3. MARINHO, Fernando. Texto dissertativo-argumentativo. Brasil Escola. Disponível em: <https://brasilescola.uol.com.br/redacao/texto-dissertativo-argumentativo.htm>. Acessado em 27 de março de 2020.
  4. O QUE É UM TEXTO DISSERTATIVO? Unidade de Gestão e formação UGF. Disponível em: <http://www.posugf.com.br/noticias/todas/2276-o-que-e-um-texto-dissertativo/> Acessado em: 25 de março de 2020.
  5.  TIPOS DE DISSERTAÇÃO. Algosobre, 2019. Disponível em: < https://www.algosobre.com.br/redacao/tipos-de-dissertacao.html/> Acessado em: 25 de março de 2020.
  6. O QUE É E COMO FAZER UMA DISSERTAÇÃO-ARGUMENTATIVA? Vestibular, 2019. Disponível em: <https://www.vestibular.com.br/dica/o-que-e-e-como-fazer-uma-dissertacao-argumentativa//> Acessado em: 25 de março de 2020.
  7. VILARINHO, Sabrina. Estrutura do texto dissertativo. Mundo Educação, 2019. Disponível em: <https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/redacao/estrutura-texto-dissertativo.htm/> Acessado em: 25 de março de 2020.
  8. TIPOS DE ARGUMENTO. Olimpíada de língua portuguesa, 2019. Disponível em: <https://www.escrevendoofuturo.org.br/caderno_virtual/etapa/tipos-de-argumento//> Acessado em: 25 de março de 2020.
  9. NASCIMENTO, Anderson Ulisses S.. Argumentação. Educação.Português, 2019. Disponível em: <http://educacao.globo.com/portugues/assunto/texto-argumentativo/argumentacao.html/> Acessado em: 25 de março de 2020.

GONZAGA, D. A.. Texto dissertativo: O que é, Tipos, Estrutura e Argumentos. gonablog | gonabee Escola Digital, 2020. Disponível em <https://gonabee.com.br/index.php/2020/03/28/texto_dissertativo/(abrir em uma nova aba)> Acessado em: DIA de MÊS de ANO.

Indicações

Treinamento

Se você deseja fazer o seu TCC de forma rápida e está cheio de dúvidas, não sabe como começar, não sabe como definir o tema do trabalho, não sabe o que são os objetivos geral e específicos… Você precisa de ajuda!

Eu te indico o Curso TCC Sem Drama, do Professor Amilton Quintela. No treinamento do professor Amilton você vai encontrar:

Videoaulas que mostram um Roteiro Aprovado para você seguir e construir o passo a passo, o seu TCC; Modelos Totalmente Comentados de TCC’s para você seguir e Acelerar o seu trabalho; Uma técnica de 4 Passos Simples, baseada em palavras-chave, para você Direcionar e Acelerar a sua pesquisa de Referencial Teórico; Como Roteirizar os capítulos do TCC para não “travar” e produzir o conteúdo dos seus capítulos ou seções de maneira direcionada; E que eu acredito ser o grande Benefício do TCC Sem Drama: Orientação Online Personalizada.

Com o TCC Sem Drama você vai finalizar o seu trabalho em tempo recorde e com qualidade. E além de todas essas vantagens você ainda ter um super bônus:  Licença de UM ANO do editor que formata o seu trabalho direto nas normas da ABNT: o Mettzer.

Não perca mais tempo! Acesse o curso (click aqui para acessar página do curso) e saiba o que você precisa para ter seu TCC aprovado com o  treinamento do professor Amilton Quintela, o TCC Sem Drama.

Método Pomodoro

Uma forma de alcançamos esse objetivo é nos organizar algum método, e de preferência um método bem estruturado que tenha grandes oportunidades de gerar bons frutos. Dentre os métodos existentes,…

Como fazer um TCC?

gonaBlog gonaTeca gonaClass Parceiros Contato Sobre Inscrição Como fazer um TCC: Primeiros passos… O que é, Tema e Estrutura! Facebook Instagram Link Para fazer seu TCC você precisa: Definir do…
Acreditamos que a educação é a melhor forma de transformar o Brasil em um país melhor para os brasileiros.
© 2019 · gonabee Escola Digital. Todos os direitos reservados.