Aprendendo como superar a autossabotagem

É normal esquecermos o quão poderosa é a nossa mente. Freqüentemente, não temos consciência de como nossas ações (ou omissões) estão afetando a nossa vida. Sim, nós podemos reclamar que as coisas nunca dão certo para nós, que temos azar ou simplesmente não temos o que é preciso para ter sucesso. Porém, nós deixamos de perceber  que, na verdade, estamos criando nossas próprias circunstâncias por meio da autossabotagem subconsciente.

Por: Diego A. Gonzaga | Publicado em 28 de outubro de 2020 – Atualizado em 07 de janeiro de 2021

Freqüentemente, não temos consciência de como nossas ações (ou omissões) estão afetando a nossa vida. Porém, nós deixamos de perceber  que, na verdade, estamos criando nossas próprias circunstâncias por meio da autossabotagem subconsciente.

A autossabotagem é a tendência a colocar travas, limites e complicações a si mesmo durante o caminho em direção a metas ou objetivos. Para superarmos a autossabotagem, primeiro temos que usar a percepção consciente para explorar nossas emoções e medos, e entender como esses fatores influenciam nossas ações. Depois de determinarmos a causa do comportamento destrutivo, podemos então tomar medidas para evitar que aconteça novamente.

O que realmente está acontecendo quando nós nos sabotamos? Algo que acontece com certa frequência é o “medo do sucesso”. Inconscientemente, ficar assustados quando percebemos que podemos alcançar um resultado específico, embora digamos que desejamos muito esse resultado.

Veja, por exemplo, perder peso. Muitas pessoas com sobrepeso lutam há anos, tentam dieta após dieta e não conseguem perder peso ou nem mesmo mantê-lo. Eles se repreendem, se esforçam mais e tentam se livrar do peso. Mas o que está acontecendo abaixo da superfície? O que passa pelo subconsciente dessas pessoas? Eles realmente querem perder seus quilos em excesso? 

Eles podem dizer que sim, que seu maior desejo é perder os incômodos quilos a mais. Porém, se suas camadas de gordura proporciona uma sensação de proteção e segurança em um mundo incerto, porque eles iria perdê-la? E quem, em sã consciência, deseja todo aquele sofrimento de dietas intermináveis e séries e mais séries de exercícios?

Perder peso então se torna uma possibilidade ameaçadora e assustadora. Assim, as pessoas passam a sabotar seus próprios esforços de dieta e exercícios para evitar se sentirem muito vulneráveis ​​ou que sofram com as dores e restrições. Mesmo que digam que querem perder peso (e até mesmo acreditem que querem), elas ainda podem se agir de maneira contrária, roubando comida, pulando exercícios e depois fazendo a promessa de que se esforçarão mais amanhã.

Começar em um novo emprego pode parecer algo simples, mas é um exemplo claro de como as pessoas podem se autossabotar por se sentirem intimidadas ou pressionadas. Você sabia que existe um número surpreendentemente alto de pessoas que não comparecem às entrevistas de emprego, mesmo para cargos altamente desejáveis? Vejamos outro exemplo: Uma mulher decide que precisa retornar ao mercado de trabalho para ganhar dinheiro para sua família. Porém, o que ela realmente quer é ficar em casa com os filhos, mas se sente obrigada a conseguir um emprego fora de casa. Então, em vez de se candidatar aos cargos condizentes à sua qualificação, ela se candidata a empregos para os quais não está qualificada, ou empregos que exigem horas incompatíveis com a programação de sua família, então ela tem que recusar o emprego se ele for oferecido. Inconscientemente, essa é sua maneira de garantir que não terá que sair de casa e, pelo menos, ela pode dizer que “tentou” conseguir um emprego.

Outra fonte de posturas de autossabotagem pode ser a de pessoas que tem medo do que os outros pensarão, caso atinjam seus objetivos. Eles podem não acreditar que merecem o resultado, então agem de maneiras que irão garantir seu fracasso. Sim, parece um contrassenso, mas é mais comum que pensamos.

Esses esforços destrutivos são feitos subconscientemente, de modo que até mesmo os sabotadores se enganam pensando que sabem o que querem. Se houver alguma incerteza em sua mente, qualquer dúvida, algum medo, eles encontrarão uma maneira de garantir que isso não aconteça.

Talvez isso descreva você? Você já se sabotou alguma vez? Você está fazendo isso agora? Você não é capaz de seguir em frente com seus objetivos, não importa o quanto tente?

Felizmente, é possível superar a autossabotagem. O passo mais importante para parar o comportamento de autossabotagem é reconhecer que isso está acontecendo. Devemos desenvolver uma percepção consciente de nossos pensamentos, emoções e ações. É preciso desenvolver o autoconhecimento.

Se você tem lutado com um determinado objetivo e as coisas simplesmente não parecem estar funcionando para você, dê uma olhada nos contratempos que foram encontrados e avalie a situação. Algum dos obstáculos poderia ter sido evitado fazendo escolhas mais sábias de sua parte? Existe um número significativamente alto de obstáculos que surgiram para esse objetivo específico? Nesse caso, você pode estar se autossabotando.

Uma ótima maneira de entrar em contato com sua mente subconsciente é passar algum tempo em meditação silenciosa. Pergunte a si mesmo do que você tem medo. Que medos você tem? Quais incertezas? O que o deixa desconfortável com esse objetivo? Por que motivos você tentaria se conter? Usar um diário para escrever essas perguntas e respostas também pode ajudar, porque escrever pode ajudá-lo a se conectar com a parte mais profunda de si mesmo. Pode levar tempo e prática, mas explorar essas possibilidades pode ajudá-lo dramaticamente a sair da rotina da autossabotagem.

Quando finalmente entendermos que estamos no controle de nosso próprio sucesso, seremos libertos de todas as limitações! Ao desenvolver clareza e percepção sobre os resultados que queremos criar, e a consciência para contratempos potenciais, podemos interromper a autossabotagem e concentrar nossas energias no trabalho direcionado a novos objetivos. Então, um dia olharemos para trás e veremos que, em vez de ser nosso pior sabotador, nos tornamos nosso melhor apoiador.

Espero que este post lhe tenha sido útil! Se você gostou, compartilhe com seus amigos! Ajude a mais gente a interromper a autossabotagem e alcançar novos objetivos. Seja você a mudança na vida de alguém!
Diego A. G.
Professor

A nossa nova ferramenta de acesso a conteúdo, uma biblioteca digital: a gonaTECA.

Sim, Agora você pode ter uma biblioteca em casa! A gonabee desenvolveu uma biblioteca digital para facilitar a sua vida mais uma vez! Na gonaTECA você vai encontrar muita informação de qualidade e ao seu alcance em apenas um click.

Acreditamos que a educação é a melhor forma de transformar o Brasil em um país melhor para os brasileiros.
© 2019 · gonabee Escola Digital. Todos os direitos reservados.